Friday, August 13, 2010

Salve o Scryption!

Sim, o título tem duplo sentido. ;-)


Olá! A prefeitura de Tilburg anunciou o corte do subsídio ao Scryption Museum em 2012. Isso significa que há uma grande chance dele ter que, infelizmente, fechar as portas. É uma pena.

Iscripiti o quê? Scryption: www.scryption.nl O site está em holandês.

Vou traduzir (rapidinho e meia bomba) o texto de abertura e, assim, vocês vão poder entender um pouco melhor o que é o Scryption:

O Scryption é um museu interativo para a comunicação escrita e a mostra por vários ângulos: o desenvolvimento da escrita, a maneira como se ensina/aprende a ler e escrever, histórias pessoais de pessoas sobre o porquê deles escreverem. Jovens artistas e designers mostram suas idéias em exposições interessantes sobre o impacto da comunicação por escrito na vida e sua visão para o futuro. Estes são alguns exemplos do que nós expomos/mostramos.

Infelizmente a prefeitura de Tilburg ameaça cortar o subsídio para/até 2012, o que significaria o fechamento desse museu único. Estamos trabalhando duro para virar o jogo/desatar esse nó e sua ajuda é bem vinda. Clique em Agenda -> Nieuws e leia a contestação/reclamação que foi enviada ao município. Confira também as belas manifestações de apoio "derramadas"/ declaradas. Você também gostaria de demonstrar sua objeção à prefeitura? Envie então um e-mail para naarinfo@scryption.nl. Obrigado por seu apoio e simpatia!

A tradução não ficou das melhores, está bem longe disso, mas pelo menos dá para entender um pouco a proposta desse museuzinho perdido no centro de Tilburg e a situação pela qual está passando. 

Eu só fui saber disso ontem, quando eu estava listando uns lugares que eu gosto por aqui e colocando links em um e-mail. Fiquei triste. Fui ao Scryption durante o meu inburgering (curso de integração social obrigatório para imigrantes por aqui). O programa incluia visitas aos museus da cidade (ainda bem!). Foi uma visita casada porque o Scryption fica grudado ao Museu de Ciências Naturais de Brabante, no mesmo terreno. Eu adorei. Talvez por ter relação com minha formação, por eu sempre ter me interessado por expressão escrita, tipografia, impressão... Não sei. Ao mesmo tempo era um espaço de experimentação, um espaço aberto à cultura, à ciência, à história e à arte ao mesmo tempo. Talvez pelo inusitado: esse tema, perdido em frente à estação central de tilburg, sufocado entre imobiliárias e o imponente casarão do museu de ciências naturais... Quietinho, pequenininho, mas tão curioso.

Sempre me doeu ver museus, galerias, teatros, bibliotecas, cinemas sendo fechados, perdendo o incentivo, e também o público. Vazios... Sem ninguém para brincar, mexer, ver... Senti isso ao vir morar em Tilburg e ver um cinema antigo, pequeno no centro sendo fechado e em frente, bem em frente, um mega multiplex sendo aberto; ao passear pelo campo de São Bento em Niterói e ver a biblioteca estadual infantil Anísio Teixeira (que eu freqüentei, peguei livros e livros, fiz aula de teatro na adolescência...) largada, caquética... Quando fecharam o cinema Icaraí, de frente para a praia, um dos últimos prédios art-déco da cidade, e até hoje ameaçam transformar em "igreja" (é, entre aspas mesmo para quem me entendeu) ou demolir e, no lugar, erguer um prédio de alto luxo (como fizeram com o caneco no leblon). Não sei... Não sei mesmo. Acho que é papel da sociedade, das escolas, das pessoas (como pais, avós, parentes, amigos, chefes...) incentivarem uns aos outros e especialmente crianças a redescobrirem esses cantinhos mágicos, perdidos. Isso traz energia nova ao lugar, motivação, vida... E também a nós mesmos. A vida está tão corrida que a gnete se atropela e esquece de olhar para o lado. 1 mm de mudança é um km na falta de tempo dos dias de hoje. Comodismo e estresse são uns monstros nas nossas vidas. 

Mas, é só tirar a poeira, sacudir um pouco e fazer 1X por semana, a cada 15 dias, por mês,  semestre, ano,..., na vida que seja, um programinha diferente! Levantar do sofá, perder o 1 segundo sagrado de sono e sair da rotina assusta, mas depois é mito bom! Confiem!

Ah, e quem quiser ajudar/apoiar/reclamar sobre o fechamento do scryption o e-mail é esse que no texto acima. E quem quiser visitar o scryption e, de quebra, o natuur museum, os dois ficam beeeem em frente ao terminal de ônibus da estação central de trem da cidade. É sair da estação e olhar para a direita.

Já tem um post no forno (me empolguei com esse) sobre uns lugarezinhos bacaninhas por aqui. 

Bom passeio! Aqui ou em qualquer lugar!

10 comments:

Line said...

Fefinha,

Acredita que eu sempre vejos aqueles museus do centro, mas nunca entrei?!

Vou adorar se você tiver dicas de coisas bacanas pra fazer em Tilburg, confosse que fico completamente perdida nos fins de semana, P. e eu parecendo um casal de velhos em casa, rs!

Em Muriaé vi o cinema super antigo fechar e virar igreja universal. Aliás, tudo que fecha vira igreja universal. Valha-me Deus.

Beijo!!!

P.s.: Blogagem coletiva pra vc lá no meu brogui!

Line said...

confosse = confesso

K∂riиє* Smith. said...

É uma pena que em época de crise ou de corte nos gastos público a arte e cultura sofram em primeiro lugar.

O Museu parece bem interessante, meu filho adoraria conhecer...

analice said...

é uma pena mesmo , culturalmente falando todos perdem...

Dani dutch said...

OI Fefa, tudo bem?
Eu amo visitar museus, ir ao cinema, teatro, já fiquei na fila do Van Gogh em Amsterdam, mas acabei desistindo... mas um dia ainda visito.
POxa é uma pena a prefeitura querer logo fechar o Museu, acredito que nós aprendemos tanto com eles, com o passado.
bjuss e otimo fim de semana

Fefa said...

Respostas!

Line - Acredito! Vc e a maior parte dos habitantes de Tilburg :-P Aqui tem uns museus/galerias bem legais. Ah, mas essa de parecer um casal de velhos é normal, parece uma sindrome entre casais da nossa idade atualmente. A gente tb. Qq coisa q mude a rotina é um esforco daqueles. Em campos, araruama,..., tb aconteceu o mesmo que em Muriaé. Pena. Campos chegou a ficar um tempo sem cinema!

Ká- É verdade! É a área que "menos interessa" e que "não vai fazer falta". Ah, aqui tem umas coisas ainda mais legais para seu filhote. Um parque de diversão de sonhos (pra gente tb) e um safári maravilhoso, por exemplo.

Analice, bem vinda! Obrigada pela visita. Sim, todos perdem! Mesmo o que não ligam, esses só perceberão muito mais tarde o quanto perderam.

Dani, eu tb!!! Adoro! Eu sempre acho que eu deveria fazer mais programas culturais por aqui. Acho museus bem baratos (ainda mais com o cartao anual), mas teatro (e cinema tb).. UI! como é caro. O Van Gogh vale muito a pena - apesar de eu gostar mais do rijks. No van Gogh, não esqueça de ir para o prédio anexo pelo subterrâneo. Muita gente, na pressa de visitar a "holanda" em 1 dia, não vai.

Beijocas, meninas!!!!!

Tati Pastorello said...

oi Fefa, agradeço o carinho e vim te conhecer. Amei seu texto e fiquei triste em saber que o Cine Icaraí foi fechado... Morei bem pertinho, na Alvares de Azevedo, e tinha muito orgulho de vê-lo, imponente, na esquina!
Amo museus e Centros Culturais. Aqui no Rio o que mais gosto é o CCBB. É o tipo de programa que criança fica encantada e gasta-se muito menos que em uma tarde no shopping, com um ganho em cultura inversamente maior. Por que não há incentivo, né? Pensei que aí fosse diferente... Fico triste pelo Scryption. Senti vontade de batalhar um espaço semelhante por aqui... Ideia genial!
Beijos.

Tatiana said...

Oi Fefa...uma lastima mesmo, eu daria tudo para ter um museu desses aqui perto.Sinto uma faaaalta, o ultimo museu que visitei foi o "Museu Maya", interessante, mas preciso voltar a abrir os horizontes..rsrs...de mayas já conheço suficiente!!
Bjs.

Fefa said...

Tati e Tati

Tati Pastorello

Obrigada. Pois é... Já faz uns anos isso. Houve protesto, fizeram campanha... Agora não sei como está a situação. Mas há uma pressão forte das imobiliárias (sempre elas) que querem comprar e demolir. Eu morei na moreira césar (até meus quase 9 anos) e minha avo mora na praia. Sempre fez parte da minha vida. Eu tb adoro!!! E adoro o centro do Rio. O CCBB é uma delícia. Só de entrar ali já relaxa. É a mais pura verdade. Tem total razão. Gasta-se muito menos e ganha-se muito mais. Pena que poucos percebem isso. Aqui é um pouco diferente, há mais incentivo sim, rola mais coisa do que aí. Mas quando envolve a parte financeira... Mesmo sendo sistema de orçamento participativo, volta e meia acontece. Não é uma idéia legal?! Acho o tema maravilhoso e serve de base para muita coisa legal.

Beijo!
.............

Tati, isso é uma coisa que eu acho legal aqui: os museus saem da coisa historia-belas artes-arte moderna (que eu tb amo! respeito muitissimo). Aqui tem uns museus diferentes, com temas inesperados ;-)

Bj!!!

Tatiana said...

hahaha...Tatis e mais Tatis..
Pois é Fefa, fora que os filhos normalmente amam esses museus mais excêntricos!!!
Beijocas!