Monday, May 17, 2010

6 coisas sobre mim (que talvez vocês saibam, imaginem ou não façam idéia)

Bom dia! Um dia de preguiça mental após um FDS cheio que terminou com um domingo de "lere lere", enfiando a mão na terra o dia todo (adoro, mas depois que a endorfina se foi ficou o "aiiiii minhas costas").

Line me incluiu nessa brincadeira, que não poderia ter vindo em melhor hora. Estou totalmente sem idéia sobre o que escrever. Como eu disse, total preguiça mental (física tb, mas essa é mais comum por aqui :-P).

Vamos à listinha:

1. Eu já quis ser bióloga marinha/mergulhadora/ativista ecológica. hehehe Tudo culpa da coleção de livrinhos do Cousteau que meus pais tinham em casa. Colecionei "conchas"e fazia os registros, anotações sobre as "descobertas". Mesmo que na minha cabeça. Durou bastante: Na Eco-92 virei sócia do greenpeace (ainda com 12 anos) e achava que seria convidada a fazer parte do rainbow warrior hahahaha Virei desenhista industrial, btw.

2. Eu fui a criança mais fantasiosa que eu já conheci e morro de vergonha de várias coisas que falei/fiz por causa disso. hehehehe mas, tem um lado bom que eu morro de orgulho também. Com meu kit de alquimista adorava fazer invenções. Na alfa comecei, junto com amiguinhos, a cavar um buraco na areia em frente a sala de aula crente que seríamos capazes de criar um "mundo nosso"lá embaixo. hahahaha Era tão fã que jurava que conhecia o guns n roses. Bem pequena, achava que um dia poderia voar (mas isso foi por causa de um sonho daqueles que a gente sente que aconteceu, sabe?! que eu jurava que tinha voado de uma planta pra outra no pátio do predio. Só não fui corajosa o suficiente pra tentar de novo hahahah acreditei no sonho, mas por milagre ou inteligência, mantive os pés no chão). Esses sonhos (um também com meus vôs) dão um bom post. Qualquer dia. Ah, sim, claro!!!! Até uns 7 anos achava que poderia, se me esforçasse, ver através das paredes e ler pensamentos hahaha! Coisas de me deixarem roxa de vergonha até hoje tanto que eu nunnnncaaa escrevi/falei sobre (olha como isso funciona!), mas que ao mesmo tempo vi que fui 1 criança maluquinha-fantasiosa-insegura-segura-feliz. Ainda sou de vez em quando, viu :-P

3. Sempre fui vovôzólatra. Talvez por nunca ter conhecido meus avôs, sempre adotei os vovôs alheios. Não que minhas avós não dessem conta do recado, longe disso! São tudo pra mim. Pior que descobrir que papai noel não existe foi, depois de burra velha, ouvir uma coisa da minha mãe que é a mais pura verdade: alguns vovôs fofinhos já foram novinhos terríveis um dia (ou coisa do tipo). E é vero... Alguns nazis tb envelheceram hahaha e o vovô mais que fofo do maridão é bem safadinho e tem uma namorada 20 anos mais jovem (ok, ele tem 88).

4. Eu sou uma quase vegetariana, ou uma sra. de uma hipócrita quanto a isso. Adoro um churrasco, como carne, mas se tiver qualquer resquício de que um dia já foi um bichinho, não como e fico mal :-P Fresca!! Prefiro pensar que picanha dá em árvore. Não me ofereça caça também. Fico na carne de vaca (sem osso, de preferência) e no peito de frango. Porco só em presunto e lingüiça. Aqui na Holanda o povo adora um Bambi e um Tambor. Ai...

5. Não sei assoviar!!!!!!! Ou assobiar!!! Ou qualquer coisa do tipo. Nem com dedo, nem sem dedo. A única coisa que eu consigo é "pra dentro". Mas o ar acaba rápido :-P Para o alívio da Amaline, como descobri hoje.

6. Eu ouço músicas "envergonhantes" quando estou sozinha, canto junto, rio de mim mesma. Mas fico offline para não aparecer a música no messenger ou ouço pelo limewire :-P O próximo passo é ganhar o "just dance" do wii e ir para um estágio ainda mais embaraçoso: coreografia de algumas músicas extremamente envergonhantes hahahahah Coisa que eu amo tb! Adorava ligar o som alto, o chuveiro e ficar por horas dançando em frente ao espelho (só de rosto) do banheiro lááááá na casa do papai e da mamãe!

Hmmmm. Cada 1 das 6 coisas pode fácil ser desenvolvida em postões! ha! Desafio Amaline (e todo mundo que se meteu na brincadeira) a fazer o mesmo (aos poucos, claro)

Gostei. Acho que não foi a melhor seleção, mas foi o que veio rápido. Agora tenho já mais uns 60 itens em mente pra lista. :-P

Eu vou indicar....

1. Ju! - "tempo, tempo, tempo", que é a Ju e eu adoro :-D

2. Pedro e Meg - "Meg e Pedro nos EUA" , ele que me reencontrou agora (e vai se arrepender por isso :-P) e ela que eu ainda vou conhecer um dia!

3. Dani - "De lá pra cá"  , que anda sumida pelas brumas da Transilvânia, como eu pelos brejos da Sapolândia

4. Betina - "Beco de BB" ( que eu estou morta de curiosidade por ela escrever coisas lindas)

5. Vocês que eu não tenho ainda o blog, ou vcs que não têm um blog  e só passam aqui pra ler também! Podem comentar com a lista, que tal? Rô, Tt, Meus fofos queridos lá em itaipu,... Ah, todo mundo.

6. Opa! Editando: Simone - "Madonna Stole My Style"  que deixou o comentário aqui, lê o bloguim e eu ainda não conhecia! Então, a Simone tb!

Claro que ninguém precisa "desenvolver" como eu fiz. Eu não consigo usar poucas ou meias palavras (nada em relação a Line, pq ela é faladora como eu e o blog deveria ser lininha-muitas-palavras :-)  )

Beijocas

7 comments:

Simone said...

Hey fefa, eu leio seu blog, vou entrar na brincadeira também, assim que voltar do trabalho hoje : beijao

fefa said...

Oi, Simone! Que legal! Vou editar o post e te colocar na lista ;-) Bj!

Rosane said...

Fefa, adorei a brincadeira...

Só preciso um tempinho para aderi-la. Difícil escrever sobre a gente mesma, pelo menos para mim.

Também não sei assoviar. Agora só me falta 5!!! :P

Bjos

Juliette said...

Oi Fefa,

ja fiz o post :)). Com relacao aos velhinhos concordo com a sua mae e sempre digo: Antes de morrer de pena de um velhinho injusticado pela familia procure saber a vida passada do doce velhinho porque gente ruim, muuito ruim tambem envelhece.

beijoca

fefa said...

Rô, é sim! Aliás, começar é difícil ;) Ah, já não me sinto tão ET! hahah Vc, eu, Amaline...

Ju, vou ler! É... Vocês têm razão, mas ainda sou vovôzólatra :-P Converso com todos os que encontro no parque com o maior jeito neta hahahaha Mas, sabe-se lá sobre eles, né?!

Laura said...

Filhotinha Fefinha, vovôzólatra!
Vc pode e deve continuar assim, amando os bons vovôs, como eram os seus dois mais que fofos e dignos de todo o amor que houver nessa vida: Vovô Arnaldo e vovô Cauby. Muito fofos! Mas, sempre me preocupei com essa carência de vovôs, pq eles partiram tão cedo... Assim, vc e Gaia sempre olharam os velhinhos como bonzinhos... Mas, vários nazistas muitoooo maussss vieram viver suas vidas malvadas no nosso paraíso tropical. E isso sempre me impressionou e me deixou com espírito sempre alerta e investigativo diante de cabecinhas muito branquinhas... Mas, vovôs e vovós sempre serão fofíssimos. Assim como eu e o papai Boi esperamos ser um dia... hahaha
Amei as seis coisas sobre minha filhotinha Fefa! O assovio impossível é herança minha: Nunca consegui mesmo! É bom lembrar da Fefa alquimista e seus coquetéis mirabolantes com terra, folhas, etc... que tia Nanda era convidada a provar... Ou as vitaminas pra Gaia crescer bem forte... Ou a água do mar bem gelada de Geribá, pra vovó Méia aplacar a sede... hahha vamos lembrando.... saudade! Amo vc! beijinhos, mamãe Catu

fefa said...

Mãezinha, sim, eu sei. Vovôs fofinhos serão sempre vovôs e eu vou continuar adotando todos eles. hahahahaha E os meus dois super vovôs vao sempre ser meus heróis, como sempre foram, e sempre cuidaram da minha imaginacao. Lembra de um sonho super real que eu tive com eles quando eu era pequena? Um dia eu venho contar pra todo mundo por aqui e, se você não lembrar agora, lembra quando ler ;-) hahaha Gaia é traumatizada até hoje com a multivitamina. Tadinha! Te amo